Adoradores

 

Abra a sua Bíblia no Evangelho de São João 4, 23-25:

“Mas vem a hora, e já chegou, em que os verdadeiros adoradores hão de adorar o Pai em espírito e verdade, e são esses adoradores que o Pai deseja. Deus é espírito, e os seus adoradores devem adorá-lo em espírito e verdade”.

Durante a vida na terra, nas pregações, Jesus enfatizou a adoração a Deus vivo, seja na sinagoga ou na encosta da montanha. Quantas e quantas vezes o Senhor ia se encontrar com Seu Pai, em oração, no silêncio? Devemos buscar a adoração para crescer na intimidade com Deus. Os verdadeiros adoradores são aqueles que adoram o Pai “em espírito e em verdade”.

Muita gente acha que adorar é cantar, rezar o salmo… Mas vai muito além disso, é mais profundo do que isso. É um encontro único com o Todo-poderoso. Quando amamos verdadeiramente, não nos afastamos de jeito nenhum da pessoa amada. Assim também temos que fazer com o Pai, que nos ama de forma única. Nossa Senhora é um grande exemplo de adoradora; ela disse: “Eis aqui a serva do Senhor!”.