(47) 3351-1258
(47) 3351-1063
 
 
Enchentes na Alemanha: o pesar do Papa Francisco

Aumentar Fonte +
Diminuir Fonte -

Pelo menos 93 pessoas morreram e dezenas estão desaparecidas na Alemanha. As enchentes atingiram também outros países da Europa ocidental, como Bélgica, Luxemburgo e o nordeste da França.

O telegrama foi assinado pelo secretário de Estado, cardeal Pietro Parolin, e endereçado ao presidente da República Federal da Alemanha, Franz-Walter Steinmeier.

No texto, lê-se que o Santo Padre ficou “profundamente tocado” com a notícia das inundações na Renânia do Norte-Vestfália e na Renânia-Palatinado.

O Papa “recorda na oração as pessoas que perderam a vida e expressa aos familiares a Sua profunda solidariedade”.

Francisco reza de modo especial pelas “pessoas que ainda estão desaparecidas, pelos feridos e por aqueles que sofreram danos ou perderam os próprios bens em decorrência da força da natureza”.

O Pontífice expressa a eles, e também aos que trabalham no resgate, a sua proximidade espiritual, implorando sobre todos “a ajuda e a proteção de Deus”.

Dezenas de mortos e desaparecidos

Pelo menos 90 pessoas morreram e dezenas estão desaparecidas na Alemanha. As enchentes atingiram também outros países da Europa ocidental, como Bélgica, Luxemburgo e o nordeste da França.

A chanceler alemã, Angela Merkel, definiu-se “chocada” diante das imagens de cidades inteiras alagadas e casas destruídas. Em Washington, onde se encontra em visita ao presidente Joe Biden, Merkel declarou-se em luto por quem morreu no desastre, garantindo que será feito todo o possível para encontrar os desaparecidos. Entre as vítimas, estão dois bombeiros.

Entre quarta e quinta-feira, quando a água começou velozmente a subir, dezenas de pessoas se refugiaram sobre os tetos das habitações e depois foram resgatadas por helicópteros ou embarcações infláveis. As casas de madeira foram as mais atingidas. “Há mortos, desaparecidos, muitas pessoas ainda em perigo. Nunca vismos um desastre do gênero”, declarou Malu Dreyer, governadora da Renânia-Palatinado.  

 
Indique a um amigo
 
CADASTRE SEU E-MAIL

E RECEBA NOVIDADES