(47) 3351-1258
(47) 3351-1063
(47) 9.9186-2335
 
 
Igreja Matriz tem novo sistema de som

Aumentar Fonte +
Diminuir Fonte -

A Igreja Matriz São Luís Gonzaga é um projeto arquitetônico que integra o roteiro turístico da cidade e da região. Suas imponentes paredes e colunas de pedras enchem os olhos de quem visita o templo pela primeira vez. No entanto, um problema também é histórico: a acústica do local. 

Você sabia que qualquer som emitido na Igreja Matriz reverbera durante nove segundos no ambiente? Por isso é tão difícil entender o que é anunciado no microfone, seja pelo comentarista, leitores ou até mesmo pelo presidente da celebração. Então, é bem comum ouvir relatos de fiéis que deixaram de ir à missa no local por conta da deficiência no sistema de som, apesar de diversos investimentos em melhorias no decorrer dos anos.

Ao assumir a Paróquia São Luís Gonzaga, em janeiro de 2019, o pároco Diomar Romaniv elencou a acústica da igreja como uma prioridade de sua gestão. “Era um desafio que precisava de continuidade. Estudamos várias perspectivas e nos alegramos com um projeto bem estruturado, desenvolvido pela empresa FZ Áudio, de São Paulo. Foi montada uma maquete digital, com a participação de técnicos da Alemanha e da Itália”, conta o padre. 

A proposta para instalação do sistema também foi significativa: um mês de testes sem compromisso. Desta forma, responsáveis permaneceram em Brusque no mês de setembro, promovendo os ajustes e adequações necessárias. 

Neste período, todos os padres indagavam a comunidade sobre a percepção da melhora no som. Foi uma intervenção de bastante paciência, até minimizar os ruídos e encontrar o volume ideal. “A mudança foi imediata e a qualidade do som é perceptível. O visual também mudou. São caixas de som apenas na primeira e na quarta coluna. Já durante a negociação, a empresa aceitou comprar nosso equipamento mais antigo e, por fim, o projeto custou R$ 183 mil”, detalha o pároco. 

Com a melhoria testada e aprovada, resta a viabilização financeira do projeto e a Paróquia São Luís Gonzaga conta com a solidariedade das pessoas. Está disponível para retirada na secretaria paroquial um carnê no valor de R$ 200. Além disso, qualquer contribuição é muito bem-vinda. 

Altura que influencia

A altura é um dos fatores que mais influenciam a má distribuição e compreensão do som da igreja, resultando em eco no interior do templo. Júlio Kohn é técnico da Matriz São Luís Gonzaga há cerca de quatro anos e já conhece a realidade da igreja. Ele presta assistência de regulagem, sempre tentando oferecer o melhor serviço baseado no que a estrutura pode oferecer. “Tivemos uma melhora muito grande agora. Foi adquirida uma mesa digital diferenciada e estamos no processo de gravar cenas individuais para cada padre”, explica.

Ao ser detectado um problema de reverberação, o processo de solução se deu em torno do tratamento acústico. “É o desenho do alinhamento do sistema e de posicionamento do sistema. Foi isso que foi trabalhado aqui na Paróquia: o melhor posicionamento das caixas para ter uma inteligibilidade maior”, diz.


 
  

 
Indique a um amigo
 
 
Conteúdo Relacionadas
CADASTRE SEU E-MAIL

E RECEBA NOVIDADES